Brasil Chuva deixa Teresina e mais 14 municípios do Piauí em emergência

Chuva deixa Teresina e mais 14 municípios do Piauí em emergência

Duas pessoas morreram. Na capital, 40 casas foram inundadas. Governador Wellington Dias visitou locais atingidos e pediu ajuda federal

Chuva Piauí

Chuva provocou mortes e prejuízos em cidades do Piauí

Chuva provocou mortes e prejuízos em cidades do Piauí

Francisco Leal/Governo do Piauí 06.04.2019

Quatorze municípios do Piauí e a capital Teresina estão em estado de emergência, decretada pelo governo do estado, em função da forte chuva que tem elevado os níveis de rios, lagos e lagoas, resultando em alagamentos de casas e plantações e danos às estradas. A situação foi agravada nos últimos dias.

Em Teresina, pelo menos duas pessoas morreram e dezenas ficaram feridas. Moradores do bairro Parque Rodoviário, na zona sul da capital, foram surpreendidos por uma inundação, provocada pelo rompimento de um muro que represava água em um terreno que fica acima do nível das casas. A tragédia atingiu mais de 40 casas.

O governador Wellington Dias, que esteve no local da tragédia, pediu o apoio do governo federal, por meio do Ministério da Integração. Segundo ele, as equipes estaduais foram mobilizadas para reforçar o atendimento às famílias, com alimentação, abrigo provisório, medicamentos e a retirada de documentos ".

Dias acrescentou que as ações serão replicadas em todos os municípios em situação de emergência. Entre eles estão Lagoa Alegre, José de Freitas, Campo Largo do Piauí, São João do Arraial, Capitão de Campos, Ilha Grande, Parnaíba e Luís Correia.

Na manhã de hoje (6), em Parnaíba, no litoral do estado, o governador disse que está sendo elaborado um projeto de macrodrenagem para o escoamento das águas na cidade, assim como nos municípios de Luís Correia e Ilha Grande.