Ciro Gomes

Brasil Ciro Gomes bate boca com manifestantes em Ribeirão Preto

Ciro Gomes bate boca com manifestantes em Ribeirão Preto

Pré-candidato disse que sofreu uma tentativa de agressão; ele visitava feira voltada para novas tecnologias no setor agropecuário

  • Brasil | Renato Souza, do R7, em Brasília

O pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes

O pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes

ROBERTO CASIMIRO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO - Arquivo

O pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) afirmou ter sofrido tentativa de agressão em um evento voltado ao setor agropecuário em Ribeirão Preto (SP), nesta quinta-feira (28). Em imagens compartilhadas na internet, o político aparece sendo hostilizado e reagindo com palavrões direcionados aos manifestantes.

Pelas redes sociais, Ciro afirmou que estava na Agrishow quando foi abordado por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL). "Os agressores agiram com violência e com profundo preconceito contra nordestinos, atacando com forte conotação racista a sua origem cearense. Ciro reagiu à altura e lamenta ter sido forçado a agir com veemência", informou nota publicada pela equipe dele na internet.

O pré-candidato estava andando com apoiadores quando um homem se aproximou e gritou "mito". Ciro reagiu, enquanto continuou circulando pelo local. "O mito?", questiona o político, proferindo palavrões em seguida, fazendo referência à mãe do manifestante.

Após sair do local, Ciro afirmou que foram apenas alguns dos presentes que o hostilizaram.  "Não teve bate-boca. Meia dúzia de nazistinha. [Gritaram] 'nordestino, cearense, vai embora, Bolsonaro mito'. E eu digo: 'Ladrão da rachadinha'. Só isso", disse.

Últimas