Reforma da Previdência
Brasil Começa sessão de votação da reforma da Previdência

Começa sessão de votação da reforma da Previdência

Texto precisa ser aprovado em dois turnos por, pelo menos, 308 deputados para seguir para análise do Senado Federal

Reforma da previdência

Texto precisa ser aprovado na Câmara em dois turnos

Texto precisa ser aprovado na Câmara em dois turnos

Aloisio Mauricio /Fotoarena/Folhapress - 25.3.2019

A sessão em que deputados devem votar a proposta da reforma da Previdência foi aberta na manhã desta quarta-feira (10).

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é quem comanda a sessão. 

Para ser aprovado, o texto precisa ser votado em dois turnos, com voto favorável de 308 deputados para ser enviado ao Senado.

Na noite de terça-feira (9), os deputados votaram um requerimento para encerrar as discussões sobre a reforma. O texto foi apresentado pela maioria e aprovado pelo plenário da Casa por 353 votos a 118. 

Tramitação

De acordo com Rodrigo Maia, a votação do texto-base deve ser começar na manhã desta quarta. Caso seja aprovada em primeiro turno, a previsão é que haja votação para quebra de interstício.

Os deputados favoráveis à proposta esperam concluir as duas etapas de votação na Câmara antes do recesso parlamentar, que começa em 18 de julho deste ano. 

Segundo o regimento da Casa, entre o primeiro e o segundo turno de votação é necessário um intervalo de cinco sessões do plenário. Segundo Maia, caso haja “vitória contundente” no primeiro turno há “mais respaldo político para uma quebra [do interstício] do primeiro para o segundo [turno]".

Se validado pelos deputados, o texto segue para análise do Senado, onde também deve ser apreciado em dois turnos e depende da aprovação de, pelo menos, 49 senadores.

Assista à sessão:

* Com informações da Agência Câmara.