Eleições 2018
Brasil "Comoção" com morte de dona Marisa Letícia puxa intenções de voto para Lula em 2018, diz CNT

"Comoção" com morte de dona Marisa Letícia puxa intenções de voto para Lula em 2018, diz CNT

Ex-presidente venceria Marina Silva, Aécio Neves e Jair Bolsonaro e lidera todas as simulações 

"Comoção" com morte de dona Marisa Letícia puxa intenções de voto para Lula em 2018, diz CNT

Ex-presidente Lula venceria rivais se eleições fossem em fevereiro

Ex-presidente Lula venceria rivais se eleições fossem em fevereiro

Leonardo Benassatto/19.01.2017/Reuters

A morte da ex-primeira-dama dona Marisa Letícia, no início do mês, deve alavancar uma possível candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas Eleições 2018. Levantamento encomendado pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes), feito pela MDA Pesquisas, indica que o petista é o preferido dos brasileiros para assumir a Presidência da República a partir de 2019.

O ex-presidente venceria adversários como Aécio Neves (PSDB), Geraldo Alckmin (PSDB), Jair Bolsonaro (PP), Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e Michel Temer (PMDB) e lidera todas as simulações de votação propostas. Vale lembrar, porém, que Lula é réu em três processos em decorrência da Operação Lava Jato.

Esses cenários foram vitaminados após a morte de Dona Marisa, de acordo com presidente da CNT, Clésio Andrade.

— Sobre a Dona Marisa, estamos chegando à conclusão que dois aspectos pesaram a favor do presidente Lula: o passionalismo e a comoção e, provavelmente, alguma coisa de saudade. Isso é importante, saudade dos bons tempos do governo Lula. Veio a sucessora, que foi muito mal. Lula saiu e o governo estava bem, com 90% de popularidade. Tem um pouco de saudade, mas mais importante foi a comoção.

Na pesquisa espontânea, Lula foi lembrado por 16,6% dos entrevistados, seguido por Jair Bolsonaro (6,5%), Aécio Neves (2,2%), Marina Silva (1,8%), Michel Temer (1,1%), Dilma Rousseff (0,9%), Geraldo Alckmin (0,7%), Ciro Gomes (0,4%), além de 2% de outros possíveis candidatos. Brancos e nulos somariam 10,7% e os indecisos, 57,1%.

Abaixo, veja as três simulações estimuladas de 1º turno:

Cenário 1

Lula 30,5%
Marina Silva 11,8%
Jair Bolsonaro 11,3%
Aécio Neves 10,1%
Ciro Gomes 5,0%
Michel Temer 3,7%
Branco/Nulo 16,3%
Indecisos 11,3%

Cenário 2

Lula 31,8%
Marina Silva 12,1%
Jair Bolsonaro 11,7%
Geraldo Alckmin 9,1%
Ciro Gomes 5,3%
Josué Alencar 1,0%
Branco/Nulo 17,1%
Indecisos 11,9%

Cenário 3

Lula 32,8%
Marina Silva 13,9%
Aécio Neves 12,1%
Jair Bolsonaro 12,0%
Branco/Nulo 18,6%
Indecisos 10,6%

Veja abaixo seis simulações de 2º turno das Eleições 2018:

Cenário 1
Lula 39,7%
Aécio Neves 27,5%
Branco/Nulo: 25,5%
Indecisos: 7,3%

Cenário 2
Aécio Neves 34,1%
Michel Temer 13,1%
Branco/Nulo: 39,9%
Indecisos: 12,9%

Cenário 3
Aécio Neves 28,6%
Marina Silva, 28,3%
Branco/Nulo: 31,9%
Indecisos: 11,2%

Cenário 4
Lula 42,9%
Michel Temer 19,0%
Branco/Nulo: 29,3%
Indecisos: 8,8%

Cenário 5
Marina Silva 34,4%
Michel Temer 16,8%
Branco/Nulo: 35,2%
Indecisos: 13,6%

Cenário 6
Lula 38,9%
Marina Silva 27,4%
Branco/Nulo: 25,9%
Indecisos: 7,8%