Brasil Comunidade Brasil & Israel defende Filipe Martins e faz apelo ao Senado

Comunidade Brasil & Israel defende Filipe Martins e faz apelo ao Senado

Em carta, presidente da comunidade diz que acusação contra o assessor especial é "uma injustiça enorme"

  • Brasil | Do R7

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado

Joédson Alves/EFE - 24.03.2021

Em carta ao Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, a presidente da Comunidade Internacional Brasil & Israel, Jane Silva, fez uma defesa de Filipe Martins, assessor especial de Assuntos Internacionais da Presidência.

De acordo com ela, "Filipe é apoiador das causas que defendo pela paz no Oriente Médio, mesmo antes de ser assessor do Presidente da Republica".

"A Comunidade Brasil Israel solicita ao senhor a grandeza e a bondade de não referendar a injustiça de apoiar a imputação de uma acusação leviana e que não tem fundamento na verdade", escreve Silva, que explicou conhecer Martins "há pelo menos 10 anos".

"No que se refere ao Filipe, a simples acusação a um judeu, como ele, de pertencer a qualquer grupo que defenda o anti-semitismo já é abjeto e uma injustiça enorme; levar isso adiante seria algo a chancelar a injustiça da acusação com o nome do Senado da República", conclui.

Durante sessão do Senado em que o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, expôs as dificuldades para a compra de vacinas contra a covid-19, na última quarta-feira (24), o assessor fez um gesto ofensivo com a mão, interpretado por alguns como um símbolo de supremacismo branco e por outros, como simplesmente obsceno. Nas redes sociais, Martins disse apenas arrumava o paletó.

Últimas