Brasil Congresso marca para quarta-feira análise de vetos presidenciais

Congresso marca para quarta-feira análise de vetos presidenciais

Itens do pacote anticrime negados por Bolsonaro estão em primeiro lugar na fila, que também conta com a desoneração da folha de pagamentos

Agência Estado
Desoneração da folha deve ficar para setembro

Desoneração da folha deve ficar para setembro

Najara Araujo/Câmara dos Deputados - 13.08.2020

O Congresso Nacional pautou uma sessão para quarta-feira (19), e fará mais uma rodada de análise de vetos do presidente Jair Bolsonaro. Como o Broadcast Político (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) antecipou, o chefe do Planalto se tornou na semana passada o presidente da República que mais teve vetos revertidos pelo Legislativo.

Os vetos ao pacote anticrime são o primeiro item da pauta. Entre os dispositivos vetados por Bolsonaro e que podem ser resgatadas pelo Congresso, um deles triplica a pena para crimes contra honra quando são cometidos pela internet. Ainda não há acordo para manutenção ou derrubada da proposta.

O veto à desoneração da folha salarial, um dos que mais ocupa a articulação nos bastidores, também foi pautado, mas, conforme o Broadcast Político apurou, deve ser adiado para setembro. Lideranças do governo afirmam que a análise desse item será feita no dia 2 pelos deputados e senadores.

Mais cedo, o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho admitiu a possibilidade de negociar a desoneração com parlamentares. Anteriormente, articuladores do Planalto eram enfáticos em defender a manutenção do veto. "Temos tempo. Todas as opções estão sendo consideradas", afirmou Bezerra à reportagem.

Últimas