Brasil COP 21 em Paris não será ofuscada pelos atentados, diz Izabella Teixeira

COP 21 em Paris não será ofuscada pelos atentados, diz Izabella Teixeira

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, afirmou nesta quinta, 19, que os atentados terroristas ocorridos em Paris na semana passada não devem ofuscar a Conferência das Nações Unidas para Mudanças Climáticas, a COP 21, que começa no fim deste mês na capital francesa. "Não podemos nos apequenar ante o terror. Vamos discutir o melhor para toda a humanidade", disse ela a jornalistas minutos antes da reunião da Academia Nacional de Agricultura, em São Paulo.

Izabella voltou a reafirmar que o País possui uma meta "ambiciosa" para apresentar na COP 21. Para tanto, contará com o apoio do setor privado, disse. O Brasil planeja cortar as emissões de gases do efeito estufa em 43% até 2030. "Vamos assegurar o acordo de Paris", comentou.

A ministra é uma das personalidades que serão empossadas nesta quinta como integrantes da Academia Nacional de Agricultura, organização que reúne diversos representantes do agronegócio. A Academia é presidida pelo presidente da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Luiz Carlos Corrêa Carvalho.

Samarco

Em relação ao desastre ambiental em Mariana (MG), Izabella disse que "há pela frente um grande trabalho" de recuperação da região. Conforme ela, o rompimento da barragem de rejeitos da Samarco, ocorrido no dia 5 de novembro, provavelmente acarretará em revisão da atual legislação a respeito de segurança ambiental. "Vamos rever parâmetros, padrões e estratégias de reparação. Mas não é uma ação de curto prazo", ponderou.

    Access log