Coronavírus

Brasil Coronavírus: voo da China com brasileiros trará oito crianças 

Coronavírus: voo da China com brasileiros trará oito crianças 

Bebê de um ano e meio é a mais nova entre os 34 passageiros; ela está com a mãe, a chinesa Hiu Zhang, que a levou a Wuhan para conhecer a família

  • Brasil | Marcos Rogério Lopes, do R7

Bebê de um ano e meia está a caminho do Brasil

Bebê de um ano e meia está a caminho do Brasil

Pablo Lassale/ Facebook

Oito crianças, entre as quais um bebê de um ano e meio, estão entre os 34 passageiros que embarcam no fim da tarde desta sexta-feira (7) de Wuhan (China) para a Base Aérea de Anápolis (GO). Ao lado dos militares e das equipes médicas que estão nas aeronaves, eles ficarão isolados por 18 dias para se ter certeza que não estão infectados pelo coronavírus.

Leia mais: Três diplomatas brasileiros ficarão em quarentena

Os dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), que saíram de Brasília na quarta-feira (5), devem iniciar o caminho de volta ao Brasil às 17h10 (4h10 na China).

De acordo com uma das integrantes do grupo em Wuhan, há oito crianças e quatro são chinesas, filhas de pais brasileiros. O Ministério da Defesa, procurado, disse que não tinha como confirmar a informação.

Leia: Exame obrigatório em Wuhan assusta brasileiros antes da viagem

A chinesa, Hui Zhang, é a mãe da menina de um ano e meio que está a caminho do Brasil. Ela viajou para a China há 97 dias com o objetivo de apresentar a bebê à sua família. Tinha retorno marcado para 25 de janeiro, mas dois dias antes o aeroporto local foi fechado por causa do surto de coronavírus.

O pai da bebê, Luis Pablo Lassale, está em Florianópolis, de onde acompanha todos os passos da operação que trará os brasileiros. "Enfim, esse pesadelo está acabando", disse.

O grupo, que inclui brasileiros e estrangeiros, precisará ser liberado pelas autoridades chinesas antes do voo. Todos precisarão provar que estão com a documentação em dia e serão examinados para saber se podem mesmo embarcar.

Últimas