CPI da Covid

Brasil CPI da Covid ouve ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello; assista

CPI da Covid ouve ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello; assista

Depoimento estava marcado para o início de maio, mas o general do Exército alegou estar de quarentena e adiou a oitiva

Pazuello deve ficar calado em alguns momentos

Pazuello deve ficar calado em alguns momentos

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil - 15.03.2021

A CPI da Covid ouve nesta quarta-feira (19) o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello. Ele deixou o cargo há pouco mais de dois meses e falará amparado por um habeas corpus, obtido no STF (Supremo Tribunal Federal). O instrumento permite que ele fique calado sempre que considerar que as respostas possam produzir provas contra si.

Aziz: "Bom ver quem queria queimar o STF recorrer a ele"

A presença do ex-titular da Saúde é uma das que geram mais expectativa na comissão, já que ele foi o ministro que ocupou a pasta por mais tempo ao longo da pandemia (aproximadamente dez meses).

Inicialmente, o ex-ministro seria ouvido no dia 5 de maio, mas o Comando do Exército informou à CPI que o ex-ministro estava em quarentena após ter tido contato com duas pessoas diagnosticadas com covid-19.

Apesar do habeas corpus, Pazuello não poderá deixar de responder, de acordo com o STF, sobre fatos relacionados a terceiros, como o presidente Jair Bolsonaro.

Últimas