CPI da Covid

Brasil CPI da Covid ouve irmãos Miranda sobre compra da Covaxin; assista

CPI da Covid ouve irmãos Miranda sobre compra da Covaxin; assista

Deputado federal afirma ter avisado o presidente Jair Bolsonaro sobre irregularidades no contrato de aquisição da vacina indiana

  • Brasil | Do R7

Luis Miranda chega com colete à prova de balas para depor à CPI da Covid

Luis Miranda chega com colete à prova de balas para depor à CPI da Covid

Adriano Machado/Reuters - 25.06.2021

A CPI da Covid, do Senado Federal, ouve na tarde desta sexta-feira (25) os depoimentos de Ricardo Miranda, servidor do Ministério da Saúde, e de seu irmão, o deputado federal Luís Miranda (DEM-DF). Eles denunciaram supostas irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin.

Leia também: Entenda as suspeitas relacionadas à compra da vacina Covaxin

Em entrevistas nesta semana, o deputado afirmou que levará à CPI documentos que provam tudo o que ele tem dito contra o governo federal.

Ricardo Miranda é chefe de importação do Departamento de Logística do Ministério da Saúde. Ele relatou ao Ministério Público Federal e à imprensa ter recebido pressões para acelerar o processo de compra da Covaxin, da empresa indiana Bharat Biotech. A negociação está sob suspeita em razão do valor unitário das vacinas, considerado elevado, em torno de R$ 80, e da participação de uma empresa intermediária, a Precisa Medicamentos.

O governo federal nega qualquer irregularidade na compra do imunizante e acusa os irmãos de mentir e de fraudar documentos. Nesta quinta-feira, o presidente Bolsonaro confirmou que o governo federal vai pedir a investigação do parlamentar e de seu irmão.

Últimas