Brasil CPI da Covid vota convocação de governadores e prefeitos na quarta

CPI da Covid vota convocação de governadores e prefeitos na quarta

Além de omissões do governo federal, que foram foco no início da CPI, senadores também devem investigar desvio de recursos

  • Brasil | Gabriel Croquer, do R7

Último depoimento foi do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que deve ser reconvocado

Último depoimento foi do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que deve ser reconvocado

Adriano Machado/Reuters - 20.05.2021

A CPI da Covid vai votar a convocação de governadores e prefeitos na próxima quarta-feira (26), anunciou em suas redes sociais o vice-presidente da CPI, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Segundo o parlamentar, serão chamados os mandatários de estados e municípios que foram alvos de investigações da Polícia Federal pelo desvio de recursos federais na pandemia de covid-19.

O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), afirmo que serão votados requerimentos de pelo menos nove governadores e 12 prefeitos e ex-prefeitos, sem especificar os nomes. 

A CPI, que entrará na sua quarta semana a partir desta terça-feira (25), investiga também possíveis omissões do governo federal no combate à doença. Essa linha de investigação foi central nos primeiros depoimentos, que envolveram membros e ex-integrantes do governo Bolsonaro.

Até agora, foram ouvidos todos os quatro ministros da Saúde da gestão, o ex-ministro de Relações Exteriores Ernesto Araújo, o ex-secretário Especial de Comunicação do governo federal Fabio Wajngarten.  

Nesta terça, a secretária de Saúde Mayra Pinheiro, conhecida pela sua defesa da cloroquina contra a covid-19, vai prestar depoimento aos senadores. A quarta-feira será reservada para votação de convocações. Na quinta-feira (27), o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, falará à CPI.

Últimas