CPI da Covid

Brasil CPI: diretor do Butantan fala sobre problemas com as vacinas; assista

CPI: diretor do Butantan fala sobre problemas com as vacinas; assista

Dimas Covas deve ser questionado por senadores sobre relação com o governo federal e atritos do país com a China

  • Brasil | Do R7

Covas culpa governo por atrasos nos insumos

Covas culpa governo por atrasos nos insumos

Governo do Estado de São Paulo - 30.04.2021

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, deve contar à CPI da Covid, no Senado, nesta quinta-feira (27), por que tem sido tão difícil fornecer vacinas para a campanha de imunização contra a covid-19 do país.

O Butantan foi o primeiro laboratório a fornecer vacinas no Brasil, em parceria com fabricante chinesa Sinovac, e desde o ano passado trava negociações com o governo federal para o fornecimento da vacina para todo o país.

Recentemente, declarações do presidente Jair Bolsonaro teriam atrasado a entrega de insumos da China, essenciais para a fabricação da CoronaVac.

Dimas Covas, ao comentar o assunto, disse que o governo federal tem "remado contra" a boa relação com a China.

O tema já foi destaque na CPI. No dia 19, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello foi questionado sobre as falas de Bolsonaro contrárias à aquisição da CoronaVac, ainda em 2020.

Segundo Pazuello, apesar de ele ter aparecido ao lado do presidente em vídeo e ter afirmado "um manda, outro obedece" após Bolsonaro cancelar protocolo de compra entre o Butantan e o governo federal, não houve ingerência ou ordens para que a compra não fosse efetuada.

Últimas