CPI da Covid

Brasil CPI ouve médica que defendeu tratamento precoce da covid; veja

CPI ouve médica que defendeu tratamento precoce da covid; veja

Defensora do uso do remédio contra a covid-19, Nise Yamaguchi faria parte do grupo de aconselhamento paralelo de Jair Bolsonaro

  • Brasil | Do R7

Nise Yamaguchi é médica e oncologista

Nise Yamaguchi é médica e oncologista

Facebook

A CPI da Covid, do Senado Federal, ouve nesta terça-feira (1º) a médica Nise Yamaguchi, uma das mais famosas defensoras do tratamento precoce da covid-19 com cloroquina.

A médica oncologista e imunologista tem 62 anos e foi cotada para assumir o Ministério da Saúde em diferentes oportunidades na gestão de Jair Bolsonaro e foi citada pelo atual presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres, como autora da sugestão de mudar a bula da cloroquina para incluir no medicamento a prescrição para covid. 

Nise seria uma das conselheiras de Bolsonaro no chamado "ministério paralelo". Os ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich afirmar à mesma CPI que o chefe do Executivo ouvia opiniões de pessoas fora da pasta para definir seus conceitos sobre a pandemia.

Últimas