CPI da Covid

Brasil CPI ouve na terça-feira empresário que ofereceu vacina chinesa

CPI ouve na terça-feira empresário que ofereceu vacina chinesa

Presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM) marcou ainda mais dois depoimentos para a semana que vem

Aziz anuncia três próximos depoentes

Aziz anuncia três próximos depoentes

Pedro França/Agência Senado - 18.08.2021

O senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI da Covid, anunciou nesta quinta-feira (19) a agenda da próxima semana da comissão, com três depoimentos marcados.

Na terça-feira (24), será ouvido Emanuel Catori, um dos sócios da farmacêutica Belcher. Ele é próximo do líder do Governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), e iniciou uma negociação com o Ministério da Saúde para a venda de doses da CanSino, vacina chinesa que representava no Brasil.

Na quarta-feira (25) será a vez de  Roberto Pereira Ramos Jr., presidente do FIB Bank. A empresa, que não seria um banco apesar do nome, foi responsável por entregar ao Ministério da Saúde uma carta de fiança assegurando a capacidade financeira da Precisa Medicamentos, que intermediava a compra do imunizante indiano Covaxin.

Na quinta-feira (26), Francisco Araújo, ex-secretário de Saúde do Distrito Federal, completa a semana.

Francisco de Araújo foi preso em agosto do ano passado por superfaturamento de testes de covid.

Sua convocação atende a requerimento do senador Eduardo Girão (Podemos-CE). Ele lembra que a Operação Falso Negativo, deflagrada pelo Ministério Público do Distrito Federal, descobriu irregularidades na aquisição de testes para identificação do novo coronavírus.

Últimas