Brasil Dilma leva Lula, Chico Buarque e líder do MTST para assistir impeachment no Senado

Dilma leva Lula, Chico Buarque e líder do MTST para assistir impeachment no Senado

Lista inclui ex-ministros, a atriz Letícia Sabatella e outros líderes sindicais

Dilma leva Lula, Chico Buarque e líder do MTST para assistir impeachment no Senado

Ontem, Lula e Dilma se reuniram para combinar discurso no Senado

Ontem, Lula e Dilma se reuniram para combinar discurso no Senado

Roberto Stuckert Filho/28.08.2016/PR

A presidente afastada Dilma Rousseff decidiu levar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o cantor e compositor Chico Buarque e o líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto), Guilherme Boulos, ao Senado nesta segunda-feira (29), quando a petista fará sua própria defesa no processo de impeachment.

Além do trio, Dilma convidou praticamente todos os ex-ministros; a atriz Letícia Sabatella; o presidente nacional do PT, Rui Falcão; o presidente do PDT, Carlos Lupi; a presidente do PCdoB, Luciana Santos; o presidente da CUT, Vagner Freitas; e o chefe do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), João Paulo.

A presidente afastada terá 30 minutos para discursar no plenário da Casa, prazo que poderá ser prorrogado pelo presidente do processo de impeachment e o chefe do STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Ricardo Lewandowski.

Leia mais notícias de Brasil e Política

Após a manifestação, Dilma poderá responder às perguntas do presidente da Suprema Corte, dos senadores e dos advogados de defesa e acusação.

A primeira a interrogar a presidente afastada será a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO). Pelas regras, cada senador terá cinco minutos para fazer a pergunta a Dilma Rousseff, mas sem direito a réplica ou tréplica.

Assista à reportagem do Jornal da Record sobre o impeachment:

    Access log