Julgamento do mensalão

Brasil Dirceu: “Nenhuma prisão vai prender minha consciência”

Dirceu: “Nenhuma prisão vai prender minha consciência”

Na iminência da decretação de ordem de prisão pelo STF, ex-ministro diz que seguirá “lutando”

  • Brasil | Do R7

Ex-ministro foi condenado a dez anos e dez meses de prisão

Ex-ministro foi condenado a dez anos e dez meses de prisão

Jose Cruz/22.06.2005/ABr

Na expectativa da expedição da ordem de prisão que deve levá-lo à cadeia, o ex-ministro José Dirceu disse nesta sexta-feira (15) que “nenhuma prisão vai prender a minha consciência". A declaração foi dada em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo.

Dirceu foi condenado a dez anos e dez meses de prisão no julgamento do mensalão. Segundo a Folha de S.Paulo, o ex-ministro comentou a expectativa da prisão pelo telefone, de sua casa, em Vinhedo, interior de São Paulo.

Mensaleiros deverão ser presos sem uso de algemas, indica Lewandowski

Condenado por corrupção ativa e formação de quadrilha — a última condenação ainda pode ser revista após a análise dos embargos infringentes, no próximo ano —, Dirceu disse que não vai se dobrar e seguirá “lutando”. Ele criticou a exposição de fotos suas em um resort de luxo no interior da Bahia.

— O que eu não posso aceitar é essa coisa medieval, de inquisição. Não basta as pessoas serem condenadas, elas têm que ser linchadas? Como é que publicam a foto da minha filha de três anos nos jornais? Isso é proibido em qualquer lugar do mundo, é o direito de uma menor.

Últimas