Em inauguração de usina, Bolsonaro compara Sergipe com Israel

Em evento no Estado do Nordeste, presidente afirmou que recebeu durante a viagem ligação do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu

Bolsonaro foi para Sergipe na manhã desta segunda-feira (17)

Bolsonaro foi para Sergipe na manhã desta segunda-feira (17)

Emanuel Rocha/ Futura Press/ Estadão Conteúdo - 17.08.2020

O presidente Jair Bolsonaro participou nesta segunda-feira (17) da inauguração da Usina Termoelétrica Porto de Sergipe I, em Barra dos Coqueiros (SE), ao lado do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. 

O presidente abriu sua fala dizendo que recebeu nesta segunda-feira um telefone do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. Na ligação, ele teria dito que o país fechou um acordo com o Sudão para fazer voos atravessando o território africano, economizando, segundo Bolsonaro, "três horas de voo".

"E por que eu falo de Israel? Porque eu comparei muito Sergipe, e o Brasil, com Israel. Eu falava que Isreal é um país menor do que Sergipe, mas o Brasil é uma enormidade e sempre me perguntava: olha o que eles têm e o que nós não temos. Olha o que nós temos e o que nós não somos."

Segundo Bolsonaro, o país do Oriente Médio é um exemplo de qualidade. "E você vê em nosso Estado de Sergipe uma semelhança muito grande. Vem investimento de fora, mas para isso você tem que fazer com que eles confiem na gente, se não os investimentos não virão", comentou. "Nosso orçamento é comprometido com despesas obrigatórias", lamentou.

A termelétrica, de acordo com o presidente, é capaz de gerar energia por um preço quatro vezes menor do que as hidrelétricas, e teria sido financiada com a ajuda de empresas privadas.

Ele acredita que o Brasil tem tudo para ser uma grande nação e diz que também pensam assim os presidentes da Câmara, Rodrigo Mais, e o do Senado, Davi Alcolumbre, e os parlamentares. 

Antes de encerrar o pronunciamento, Bolsonaro agradeceu ao povo sergipano. "Aos que votaram e aos que não votaram em mim. Nós somos os seus soldados e devemos lealdade absoluta ao povo brasileiro."

A usina

A usina é a maior termoelétrica a gás natural da América Latina e, de acordo com Albuquerque, o empreendimento tem capacidade para atender 16 milhões de cidadãos. É o primeiro com investimento totalmente privado. 

O governador Belivaldo Chagas (PSD) afirmou que ter um empreendimento desse porte em território sergipano é motivo de enorme orgulho ao Estado. "Eu não tenho do que reclamar do governo federal. E registro o apoio que recebi do Minsitério da Saúde nessa pandemia", afirmou.

O presidente retorna ao Distrito Federal por volta das 13h. No período da tarde, Bolsonaro vai se reunir com ministros de seu governo.