Brasil Em vídeo, “Japonês da Federal” defende convocação de mais agentes

Em vídeo, “Japonês da Federal” defende convocação de mais agentes

Campanha é para que agentes aprovados na condição de excedente sejam chamados

Em vídeo, “Japonês da Federal” defende convocação de mais agentes

Newton Ishii (foto) é citado em conversas gravadas

Newton Ishii (foto) é citado em conversas gravadas

Giuliano Gomes/Estadão Conteúdo

Famoso por aparecer sempre nas fotos conduzindo presos da Operação Lava Jato, o agente da Polícia Federal Newton Ishii aparece em um vídeo publicado no Facebook defendendo a convocação de policiais federais aprovados em concurso.

— Precisamos de vocês para juntar as forças e para combater a corrupção e tornar o Brasil mais justo.

O vídeo tem 17 segundos e foi publicado na quinta-feira (17) na página Agentes Federais do Brasil no Facebook. Nesta sexta-feira (18), ele já havia sido visualizado mais de 283 mil vezes.

O apelo de Ishii dá voz a um grupo de aprovados em concursos da Polícia Federal, mas que nunca são chamados, porque as vagas são limitadas. Após fazerem todos os testes e exames, eles ficam em uma espécie de lista de espera e são chamados internamente na PF de “excedentes”.

Segundo os concursados, desde 2004 a Polícia Federal não convoca excedentes para integrar o quadro de funcionários. Com isso, o prazo estipulado nos editais acaba e eles são obrigados a prestar novo concurso.

Ishii ficou conhecido após ser citado em uma conversa entre o senador Delcídio do Amaral (PT-MS), o assessor dele e interlocutores do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. No diálogo, gravado pelo filho de Cerveró, o grupo diz que o agente é o responsável por vazar informações da Lava Jato. A PF instaurou um procedimento para apurar os fatos.

'Japonês' da Lava Jato vira tema de marchinha de Carnaval

Assita ao vídeo: