Estúdio News discute equidade entre homens e mulheres no mercado de trabalho

Presença feminina cresce, mas cargos de liderança ainda são ocupados majoritariamente por homens

Margareth Goldenberg, Gustavo Toledo e Adriana Aroulho

Margareth Goldenberg, Gustavo Toledo e Adriana Aroulho

Divulgação

Apesar da participação feminina em cargos de chefia aumentar continuamente nos últimos anos, o mercado de trabalho ainda tem uma caminhada longa rumo à equidade entre homens e mulheres. Para falar desse assunto, o Estúdio News recebe nesta quarta-feira (11) a vice-presidente de operações da SAP Brasil, Adriana Aroulho, e a gestora executiva do movimento mulher 360, Margareth Goldenberg.

Segundo um estudo feito pelo Insper em 2019, das 425 empresas com cargo de presidente, apenas 13% são ocupados por mulheres. Os números mostram que por mais que tenhamos mais mulheres se formando na universidade (58%) e a elas sejam também a maioria das entrantes no mercado de trabalho (56), quando se trata de cargos de direção esse número cai bruscamente. Para Margareth, são três os fatores que influenciam essa desigualdade do mundo corporativo.

“É um cruzamento de variáveis de três dimensões: cultural, organizacional e pessoal. As empresas têm que trabalhar nessas três dimensões de forma completa e integral”.

A diversidade também tem se mostrado favorável para a lucratividade das empresas, pois promove o encontro de pontos de vista, referências e backgrounds distintos. A vice-presidente de operações da SAP Barsil acredita que projetos de mentoria, sponsorships e uma série de benefícios ajudam a promover a equidade.

“Esse é um papel muito importante das empresas, criar um ambiente onde as mulheres podem ser autênticas, onde elas se sintam seguras, onde elas tenham esse diálogo”.

O debate sobre a ascensão de mulheres no mercado de trabalho faz parte de uma série de quatro entrevistas que o Estúdio News realiza no mês de março, buscando refletir sobre as conquistas e desafios das mulheres.

O Estúdio News vai ao ar às quartas-feiras, às 22h, com reprise aos sábados, no mesmo horário, e aos domingos, às 19h. A Record News é sintonizada pelos canais de TV fechada 55 Vivo TV, 78 Net, 32 Oi TV, 14 Claro, 19 Sky e 134 GVT, além do canal 42.1 em São Paulo e demais canais da TV aberta em todo o Brasil.