Brasil Estúdio News: setor privado e desenvolvimento sustentável

Estúdio News: setor privado e desenvolvimento sustentável

Programa deste sábado aborda como as empresas brasileiras demonstram preocupação com o meio ambiente

  • Brasil | Do R7

Rubens Benini, André Nassar, Adiéliton Galvão de Freitas

Rubens Benini, André Nassar, Adiéliton Galvão de Freitas

Divulgação

O desenvolvimento sustentável tem ganhado força no discurso das empresas. No Estúdio News deste sábado (26), Rubens Benini, líder restauração florestal TNC Latam, André Nassar, presidente da Associação Brasileira de Óleos Vegetais (ABIOVE), e Adiéliton Galvão de Freitas, gerente de sustentabilidade empresarial da CEMIG falam sobre degradação ambiental, consumo consciente, economia circular e energia renovável.

Os incêndios, queimadas e desmatamento são uma das principais preocupações quanto à degradação ambiental, mesmo com a redução de emissões de gases poluentes provenientes de atividades econômicas no início da pandemia.

“Minha percepção é de que houve, sim, um ganho, poluímos um pouco menos, mas o que foi desmatado com certeza equilibrou a conta de novo, o que não é bom. Temos que ficar atentos à mudança do uso e ocupação do solo. Por exemplo, no Brasil a maior causa de poluição não é atrelada à atividade industrial ou às ações antrópicas relacionadas a gerações de energia ou atividades industriais e sim à mudança de ocupação do solo, leia-se desmatamento”, afirma Rubens Benini.

A economia circular, em oposição ao modelo linear, tem como objetivo reinserir resíduos no processo produtivo, seja como fonte de energia ou como subprodutos.

André Nassar ressalta que a economia circular tem sido um grande desafio para empresas como a Abiove, que tem como foco a recuperação e reutilização do óleo vegetal utilizado nas casas e restaurantes para o cozimento dos alimentos.

“Teria que se criar uma cultura do consumidor separar o óleo que sobra na panela e haver o recolhimento desse óleo. No caso dos restaurantes, já se tem um retorno muito alto, mas, ainda assim, ele volta pouco para a produção de biodiesel. Porém é muito utilizado em indústria química e outras coisas até artesanais como produção de sabão”.

Falando pela Cemig, reconhecida hoje como uma das empresas líderes mundiais de sustentabilidade, Adiéliton de Freitas destaca a importância da evolução com relação às práticas sociais, ambientais e de governança.

“As redes sociais e o monitoramento do público estão aí, então todas as práticas, tudo que reportamos, tem que ser lastreado em práticas efetivas. O que chamamos de cobrança, na verdade são em relação às melhores práticas no mundo”.

O Estúdio News vai ao ar aos sábados, às 22h15. A Record News é sintonizada pelos canais de TV fechada 55 Vivo TV, 78 Net, 32 Oi TV, 14 Claro, 19 Sky e 134 GVT, além do canal 42.1 em São Paulo e demais canais da TV aberta em todo o Brasil.Foto: Rubens Benini, André Nassar, Adiéliton Galvão de Freitas

Crédito: Divulgação

Últimas