Brasil Ex-ministro Guido Mantega é hostilizado em hospital de São Paulo

Ex-ministro Guido Mantega é hostilizado em hospital de São Paulo

Mulher de ex-chefe da Fazenda está em tratamento contra um câncer desde o final de 2011

Ex-ministro Guido Mantega é hostilizado em hospital de São Paulo

Mantega foi ministro durante os mandatos de Lula e Dilma

Mantega foi ministro durante os mandatos de Lula e Dilma

André Dusek/Estadão Conteúdo

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, que chefiou a economia do Brasil entre 2006 e 2014, foi hostilizado na segunda-feira (23) no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

O ex-chefe da Fazenda foi insultado por pessoas que estavam em um café dentro do hospital, que gritaram repetidas vezes as frases “Não tem vergonha na cara” e “Vai para o SUS”.

Um vídeo publicado hoje no Youtube mostra o momento em que Mantega se retira do local em meio às agressões.

Não é possível notar se os insultos partem de clientes, médicos ou funcionários do hospital.

Em nota, o Albert Einstein lamentou o ocorrido. O hospital confirmou que o ex-ministro “esteve nessa instituição no dia de ontem como visitante”.

“Como Instituição, o Hospital recebe igualmente a todos, pacientes ou não, rechaça qualquer atitude de intolerância e lamenta o fato ocorrido em seu ambiente”, diz a nota.

A mulher do ex-ministro, Eliane Berger Mantega, está em tratamento contra um câncer desde o final de 2011.