Fachin decide sobre lista de Janot a partir de terça

Foram necessários cinco dias úteis para protocolar, autuar, distribuir e digitalizar processos

Na terça-feira, lista completa 1 semana no gabinete de Fachin

Na terça-feira, lista completa 1 semana no gabinete de Fachin

Carlos Moura/16.03.2017/STF

Relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Edson Fachin só decidirá sobre os 320 pedidos da Procuradoria-Geral da República baseados nas delações da Odebrecht a partir da próxima terça-feira, dia 28, quando a chegada dos processos ao gabinete do relator completa uma semana.

A informação foi confirmada por um interlocutor do ministro.

Foram necessários cinco dias úteis apenas para protocolar, autuar, distribuir eletronicamente e digitalizar os processos.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu, em 14 de março, a abertura de 83 inquéritos no STF e solicitou 211 declínios de competência para outras instâncias.