Fala de Bolsonaro nos EUA foi ‘bem-sucedida’, diz economista

Em entrevista ao Jornal da Record News, o economista Carlo Barbieri detalhou como foi o encontro do presidente com empresários na Flórida

Jair Bolsonaro se encontrou com Donald Trump em viagem aos EUA

Jair Bolsonaro se encontrou com Donald Trump em viagem aos EUA

Tom Brenner - 08.mar.2020/Reuters

Além da assinatura de um acordo de cooperação militar entre Brasil e Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro aproveitou a viagem de quatro dias para se reunir com empresários norte-americanos na Flórida. Em entrevista ao Jornal da Record News, o economista Carlo Barbieri, que participou do encontro, explicou como foram as reuniões.

Barbieri afirmou que o Brasil carece de investimento estrangeiros e precisa de credibilidade para atrair os empresários norte-americanos, mas a lentidão para aprovar as reformas no Congresso prejudica a economia brasileira.

Leia mais: Nos EUA, Bolsonaro diz que coronavírus é 'superdimensionado' e fala em fraude na eleição de 2018 sem mostrar provas

O economista explicou que a reunião aconteceu na Flórida por dois motivos: a grande votação que Bolsonaro teve na eleição de 2018 e a presença de brasileiros no estado. Carlo Barbieri afirmou que 600 mil empregos na Flórida dependem do Brasil, já que o estado atrai muitos empresários e turistas brasileiros. Para o economista e presidente do grupo Oxford, a fala do presidente Bolsonaro aos empresários norte-americanos foi bem-sucedida, pois teve o aval de Donald Trump.