Reforma da Previdência
Brasil Fiz "excelente proposta" e policiais não aceitaram, lamenta Bolsonaro

Fiz "excelente proposta" e policiais não aceitaram, lamenta Bolsonaro

Presidente analisa que recusa dos agentes à proposta feita por ele aconteceu porque “ninguém quer perder nada"

reforma da previdência

Bolsonaro: "Todos têm que dar sua contribuição"

Bolsonaro: "Todos têm que dar sua contribuição"

Alan Santos/PR - 28.6.2019

O presidente Jair Bolsonaro admitiu que sugeriu mudanças para a aposentadoria de policiais que servem a União no texto da reforma da Previdência, em processo de apreciação na Câmara, mas disse que a proposta não foi acatada pelos agentes.

"Eu fiz uma excelente proposta, não aceitaram. Agora vai para o voto", lamentou.

Bolsonaro ainda completou sua fala dizendo que "o problema é que ninguém quer perder nada" e voltou a afirmar que "todos têm que dar sua contribuição".

Bolsonaro diz a policiais: 'fiquem tranquilos em relação à reforma'

O presidente fez o comentário durante coquetel da Embaixada dos Estados Unidos, em Brasília, para celebrar o aniversário de 243 anos de independência americana. Depois, confrontando com a informação de que o acordo que contemplava os policiais foi derrubado, ele respondeu que "na Previdência todo mundo vai ter que contribuir".

Durante a tarde desta quarta-feira, fontes afirmaram que Bolsonaro ligou para diversos líderes partidários e pediu mudanças na proposta. Pelo acordo, os policiais homens poderiam se aposentar aos 53 anos, enquanto as agentes mulheres teriam chance de se aposentar após os 52 anos.

Com a recusa dos policiais, ficou mantido o texto anterior do relator da reforma, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), que estabelece em 55 anos a idade mínima para a aposentadoria dos policiais que servem a União.