Novo Coronavírus

Brasil Forças Armadas não participam de celebrações do 7 de setembro

Forças Armadas não participam de celebrações do 7 de setembro

Portaria orienta Forças Armadas a não participar das comemorações do 198º Aniversário da Independência para evitar aglomerações

  • Brasil | Do R7

Forças Armadas em participação de celebrações do 7 de Setembro

Forças Armadas em participação de celebrações do 7 de Setembro

Marcos Corrêa/Presidência da República

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, determinou por meio de uma portaria publicada na quarta-feira (5) que, em decorrência da pandemia que afeta o Brasil e outros países do mundo, as Forças Armadas não deverão participar dos eventos comemorativos relacionados ao 198º Aniversário da Proclamação da Independência do Brasil, que ocorrem no dia 7 de setembro.

Leia também: Prefeitura cancela festa de Ano-Novo na Avenida Paulista

"Em consequência e de acordo com as coordenações realizadas com a Presidência da República, determino aos Comandantes da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira que orientem suas respectivas Forças para se absterem de participar de quaisquer eventos comemorativos alusivos ao supracitado evento como desfiles, paradas, demonstrações ou outras que possam causar concentração de pessoas", afirmou Fernando Azevedo, ministro da Defesa.

Veja ainda: Coronavírus deve cancelar o Carnaval e outros eventos que atraem multidões?

De acordo com a portaria, o ministro da Defesa aprovou uma diretriz que regula a participação das Forças Armadas nas atividades culturais e nos eventos comemorativos relacionados à celebração do 198º Aniversário da Proclamação da Independência do Brasil. 

As Forças Armadas tradicionalmente participam junto à sociedade das celebrações relacionadas à Semana da Patria, que marca a data da independência do Brasil. Na ocasião, comumente ocorrem diversas manifestações em todo o territporio nacional, por meio de atividades culturais e solenidades. 

Leia mais: SP adia desfiles de escolas de samba e Carnaval de rua em 2021

No entanto, em decorrência da pandemia do novo coronavirus, as autoridades sanitárias não recomendam a promoção de eventos que possam gerar aglomerações de público devido ao risco de contaminação pelo novo coronavírus.

De acordo com a portaria, as condições atuais indicam que a recomendação deva  ainda vigorar durante o mês de setembro, abrangendo, assim, o período de celebração do 198º Aniversário da Proclamação da Independência do Brasil.

Últimas