Novo Coronavírus

Brasil Fux lamenta 400 mil mortes por covid-19: 'Profunda solidariedade'

Fux lamenta 400 mil mortes por covid-19: 'Profunda solidariedade'

Apesar de dados extraoficiais, presidente do STF iniciou a sessão desta quinta-feira (29) para homenagear colega do TST que morreu

  • Brasil | Do R7

Fux homenageou as famílias das 400 mil vítimas da covid-19 no país

Fux homenageou as famílias das 400 mil vítimas da covid-19 no país

Fellipe Sampaio/STF - 24.03.2021

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Luiz Fux, iniciou a sessão desta quinta-feira (29) para lamentar a marca de 400 mil mortes em decorrência da covid-19 desde o início da pandemia, barreira que o Brasil deverá romper oficialmente hoje. Extraoficialmente, alguns veículos de imprensa já informaram sobre o quantitativo de óbitos pela doença.

"Ao iniciar essa sessão, [gostaria de] manifestar mais uma vez a minha profunda solidariedade, em meu nome e em nome de todos os integrantes da Corte, às vítimas dessa pandemia que assolou o nosso país. Infelizmente, as notícias que me chegam indicam que hoje nós alcançamos a marca de 400 mil mortos", disse Fux.

O presidente da Corte aproveitou a palavra para homenegear, especialmente, o ministro Walmir Oliveira da Costa, do TST (Tribunal Superior do Trabalho), que morreu ontem aos 62 anos por complicações da doença.

"Esse fato [romper 400 mil mortes por covid-19] tem uma implicação com a abertura do nosso plenário na medida em que lamentavelmente, por essa doença, faleceu na data de ontem o ministro Walmir Oliveira da Costa, do TST. Por isso, em ofício encaminhado pelo STF, representando vossas excelências, estou manifestando nossas condolências", disse Fux.

Últimas