Governo envia equipamentos para Ceará e Amazonas

Os dois estados, que enfrentam crise nos sistemas de saúde por causa da pandemia do novo coronavírus, receberam insumos durante fim de semana 

Força Aérea vem auxiliando na distribuição de equipamentos de saúde

Força Aérea vem auxiliando na distribuição de equipamentos de saúde

Divulgação/Força Aérea Brasileira

O governo federal enviou, no fim de semana, equipamentos médicos para abastecer os hospitais do Ceará e do Amazonas, dois dos estados mais sobrecarregados por causa da pandemia do novo coronavírus.

Para Fortaleza, a capital cearense, foram despachados quatro mil unidades de álcool líquido e 56 mil equipamentos de proteção individual, incluindo aventais, luvas, máscaras cirúrgicas, toucas e protetores faciais.

O estado também está recebendo 20,7 mil testes rápidos e 30 ventiladores pulmonares. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (4) pelo ministro-chefe da Casa Civil, Braga Netto, durante coletiva de imprensa no Palácio do Planalto.

Para Manaus, o governo enviou 31 toneladas de álcool em gel e 200 cilindros de oxigênio. O estado vive uma crise de saúde por causa da disseminação da doença, com 7,3 mil casos confirmados e um total de 585 mortes. O ministro da Saúde, Nelson Teich, está na cidade para acompanhar a situação do sistema de saúde. 

Repatriados

Braga Netto também atualizou, durante a coletiva, o número de cidadãos brasileiros que estavam retidos no exterior e conseguiram retornar ao país. Nos últimos dias, chegaram repatriados procedentes de Nova Zelândia, Emirados Árabes Unidos e Reino Unido. "Nessa soma, nós já chegamos a mais de 20 mil brasileiros repatriados", informou o ministro. 

Desde de março, centenas de países determinaram o fechamento de fronteira, com fortes restrições à aviação comercial, fazendo com que milhares de brasileiros ficassem retidos no exterior. A repatriação tem sido feita a partir de uma articulação envolvendo o Ministério das Relações Exteriores e companhias aéreas, incluindo o fretamento de voos em alguns casos.

Os brasileiros que estão retidos no exterior e precisam de auxílio para retornar ao país devem preencher o formulário de assistência consular, disponível no site do Ministério das Relações Exteriores. A inscrição é necessária para que o governo organize os procedimentos de repatriação.