Novo Coronavírus

Brasil Governo enviará 600 mil testes para o MA contra avanço da cepa indiana

Governo enviará 600 mil testes para o MA contra avanço da cepa indiana

Anúncio foi feito neste sábado pelo ministro Marcelo Queiroga, dias após tripulantes de embarcação serem diagnosticados

  • Brasil | Do R7

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga

Ueslei Marcelino/Reuters - 12.05.2021

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, divulgou neste sábado (22) que serão enviados no domingo (23) 600 mil testes de covid-19 ao Maranhão na tentativa de fazer uma busca ativa e conter possível disseminação da cepa indiana detectada em seis tripulantes de um navio atracado em São Luís.

Os agentes de saúde farão uma busca em locais de grande circulação, como rodoviárias, aeroportos e ainda nas fronteiras do estado. Serão chamadas para o teste rápido pessoas sintomáticas para doenças respiratórias. 

"A prioridade é o Maranhão por motivos óbvios, queremos impedir uma eventual propagação dessa variante. Ainda não está comprovada sua transimssão comunitária", afirmou Queiroga.

Os 600 mil testes fazem parte de uma estratégia de 3 milhões de testes que serão destinados à contenção do vírus, em especial da cepa indiana, que seria mais contagiosa. Os demais kits serão espalhados pelo país para uso em regiões de fronteira - com a Argentina e o Paraguai, por exemplo, onde a cepa indiana também já foi detectada - e em aeroportos que recebem passageiros internacionais.  

Pessoas que apresentarem resultado positivo nesses testes de antígeno - teste rápido que identifica partes da estrutura viral - serão submetidas também ao RT-PCR, teste mais preciso que busca o material genético do vírus. Dessa forma, será feita a investigação do genoma do vírus, para detectar se trata-se da cepa indiana.

Mais cedo neste sábado (22), o ministo tratou de estratégia semelhante em reunião com o secretário de Saúde municipal de São Paulo, Edson Aparecido, além de representantes da Prefeitura de Guarulhos e da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Aparecido apresentou uma proposta prevendo a existência de barreiras e testagem em aeroportos, rodoviárias e rodovias.

"Esse programa de testagem sugerido pelo doutor Edson Aparecido, que já estava em consideração por nós aqui, será adotado de maneira paulatina", afirmou. 

Ceará

O Ceará também informou que possui em investigação um caso de viajante que esteve na Índia e que teve o teste de covid-19 positivo.

Últimas