Brasil Governo vai cobrar mais tributos de bebida, smartphone e computador

Governo vai cobrar mais tributos de bebida, smartphone e computador

Ministro anuncia mudanças para ampliar a arrecadação, que deve chegar a R$ 11,2 bi em 2016

  • Brasil | Do R7, em Brasília

Ministro Nelson Barbosa (foto) anunciou aumento da tributação

Ministro Nelson Barbosa (foto) anunciou aumento da tributação

Reprodução/Facebook

Atenção, brasileiro: sua caipirinha do final de semana e aquele celular moderno que você quer comprar deverão ficar mais caros. Nesta segunda-feira (31), os ministros do Planejamento, Nelson Barbosa, e da Fazenda, Joaquim Levy, anunciaram que as cadeias produtivas de smartphones passarão por uma revisão da desoneração e os impostos de algumas bebidas também vão mudar.

No caso das bebidas quentes, como destilados, vinhos e outros, haverá uma revisão na tributação — que não foi detalhada pelos ministros.

Quanto aos computadores, smartphones e tablets, haverá uma revisão da desoneração do PIS/Cofins. Também estão sujeitos a mudanças os direitos de imagem, que passarão por uma revisão do IR (Imposto de Renda), e o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) para liberação de crédito do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Leia mais notícias de Brasil e Política

O objetivo do governo é ampliar a arrecadação de impostos em 2016, que deverá atingir o montante de R$ 11,2 bilhões, segundo estimativas do governo.

Últimas