Novo Coronavírus

Brasil IBGE: 14,7% dos alunos não tiveram aulas na 2ª semana de setembro

IBGE: 14,7% dos alunos não tiveram aulas na 2ª semana de setembro

Contingente de 6,8 milhões de estudantes ficou sem atividades, mas resultado representa uma ligeira melhora em relação à semana anterior

Agência Estado
Estudantes não tiveram atividades de ensino

Estudantes não tiveram atividades de ensino

Bruno Santos / Folhapress - 01.09.2020

Na segunda semana de setembro, 14,7% dos 46,2 milhões de estudantes que frequentavam escolas ou universidades no País não tiveram atividades escolares. Isso equivale a um contingente de 6,8 milhões de alunos. O resultado representa uma ligeira melhora em relação à semana anterior, quando 7,3 milhões de estudantes não tiveram aulas.

Os dados são da Pnad Covid-19 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid semanal, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre os 39 milhões de estudantes que tiveram atividades escolares na segunda semana de setembro, 25,5 milhões (65,4%) tiveram atividades em cinco dias da semana.

Isolamento

O número de pessoas rigorosamente isoladas como medida de contenção da pandemia de covid-19 caiu em cerca de 2 milhões da primeira para a segunda semana de setembro, para 35,3 milhões, revela a pesquisa do IBGE.

Um total de 85,6 milhões de pessoas ficaram em casa ou só saíram por necessidade básica na semana de 6 a 12 de setembro, o equivalente a 40,5% da população. Esse contingente caiu em relação ao da semana anterior, de 86,4 milhões de brasileiros.

De acordo com o IBGE, o contingente dos que afirmaram ter reduzido o contato, mas continuaram saindo ou recebendo visitas aumentou em 2,6 milhões. São 83,3 milhões de pessoas adotando esse comportamento mais flexível quanto ao distanciamento social.

"O porcentual de pessoas que informaram ter ficado rigorosamente em casa caiu significativamente, de 17,7% para 16,7%, enquanto aumentou o porcentual daquelas que reduziram o contato mas continuaram saindo para trabalhar ou recebendo visitas", destaca a coordenadora da pesquisa, Maria Lucia Vieira.

A Pnad Covid estimou em 6,1 milhões o número de pessoas que não fizeram qualquer tipo de restrição de contato, contra 5,9 milhões na primeira semana do mês. O dado é considerado estável pelo IBGE.

Últimas