Novo Coronavírus

Brasil Insumos para produção de 12 milhões de vacinas chegam ao Rio

Insumos para produção de 12 milhões de vacinas chegam ao Rio

Remessa vinda da China será encaminhada à Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), onde serão produzidas as doses do imunizante

Rmessa, que veio da China, será encaminhada para a Fiocruz

Rmessa, que veio da China, será encaminhada para a Fiocruz

REUTERS/Yves Herman-18/03/2021

O novo lote de IFA (ingrediente farmacêutico ativo) para a produção de 12 milhões de doses de vacinas Oxford/AstraZeneca contra a covid-19 chegou ao Brasil na tarde deste sábado (22), no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro (RJ).

A remessa, que veio da China, será encaminhada para a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos Bio-Manguinhos, onde serão produzidas as doses do imunizante.

A chegada do carregamento permitirá que a fundação retome, na próxima terça-feira (25), a produção das vacinas, que havia sido paralisada na última quinta (20) devido à falta de insumos.

A Fiocruz entregou ao PNI (Programa Nacional de Imunizações), nesta sexta-feira (21), mais 6,1 milhões de doses, chegando a 41,1 milhões de vacinas enviadas ao Ministério da Saúde. Outras 4,9 milhões serão enviadas na próxima semana e mais 5,1 milhões em 5 de junho.

Até o final de junho, a previsão da fundação é que 100,4 milhões de doses sejam entregues.

Últimas