Brasil Lideranças dos EUA elogiam relação do país com Brasil, diz embaixador

Lideranças dos EUA elogiam relação do país com Brasil, diz embaixador

Bolsonaro anunciou acordo com Estados Unidos para facilitar o comércio, aplicar boas práticas regulatórias e criar um tratado anticorrupção

  • Brasil | Luiz Fara Monteiro, da Record TV

Forster comentou sobre detalhes do acordo

Forster comentou sobre detalhes do acordo

Divulgação/Itamaraty

O embaixador do Brasil em Washington, Nestor Forster, afirmou nesta terça-feira (20) que lideranças americanas disseram, publicamente, que este é o melhor momento da relação entre os dois países. 

"Lideranças americanas se pronunciaram publicamente nos últimos dias para confirmar que este é melhor momento da relação entre Brasil e Estados Unidos", afirmou Forster. 

O que muda na relação Brasil-EUA com novos acordos assinados entre os países?

Segundo o embaixador, o acordo foi concluído em seis meses e é "fruto da determinação dos presidentes Trump e Bolsonaro". O objetivo principal é facilitar o comércio entre os dois países. 

"O acordo beneficia todos os setores que já mantêm ou queiram manter qualquer tipo de negócio com os Estados Unidos, especialmente o setor agrícola, e peças de aeronaves e automóveis que o Brasil já exporta para os americanos", afirmou o embaixador. 

A expectativa é de que, entrando em vigor, o acordo alavanque exportações brasileiras imediatamente em 12%. O presidente Jair Bolsonaro anunciou o pacote nesta segunda-feira (19) e disse que foram firmados três acordos: facilitação de comércio, boas práticas regulatórias e um tratado anticorrupção.

Forster negou que os Estados Unidos estejam oferecendo créditos compensatórios para que o Brasil vete a China nas negociações do 5G. O embaixador também afirmou que, para que haja o livre trânsito de passageiros entre o Brasil e os Estados Unidos, é preciso que haja redução nos casos de covid-19, mas ainda é impossível definir uma data de quando isso acontecerá. 

Últimas