Eleições 2018

Brasil Luciano Huck desiste de ser candidato à Presidência

Luciano Huck desiste de ser candidato à Presidência

Nome de apresentador de TV para presidente tinha ficado mais forte após condenação de Lula na 2ª instância da Justiça Federal

  • Brasil | , com Reuters

"Preciso digerir a decisão", afirmou Huck sobre desistência do cargo de presidente

"Preciso digerir a decisão", afirmou Huck sobre desistência do cargo de presidente

Claudinei Ligieri/Futura Press/Folhapress - 07.12.2017

Luciano Huck desistiu de concorrer à Presidência da República nas eleições 2018. O apresentador de TV confirmou a informação nesta quinta-feira (15) para a coluna da jornalista Sonia Racy.

"Não serei candidato mas não quero falar mais sobre o assunto agora. Preciso digerir a decisão", disse o apresentador.

A assessoria de Huck não deu detalhes sobre os motivos da decisão.

Planos para Presidência

Huck já havia anunciado que não se candidataria em um artigo em novembro no jornal Folha de S.Paulo. No entanto, em aparição no programa Domingão do Faustão, da TV Globo, no início do ano, Huck adotou um tom político, o que ajudou a aumentar as especulações em torno de sua eventual ambição política.

Recentemente, Huck ainda manteve contato com políticos e chegou a ser elogiado publicamente pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Depois do encontro, o tucano afirmou que o apresentador estava "considerando" se lançar na disputa presidencial.

Em pesquisa Datafolha divulgada no final de janeiro, Huck apareceu com 8% das intenções de voto no melhor cenário.

TSE manda arquivar denúncia contra Huck

A aparição de Huck no programa do apresentador Fausto Silva levou o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) a recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) alegando que Huck teria feito propaganda eleitoral antecipada e, em manifestação à Justiça Eleitoral, os advogados de Huck negaram que ele pretendesse ser candidato.

Nesta quinta-feira (15), o ministro Napoleão Nunes Maia, do TSE), mandou arquivar a ação. Nunes Maia entendeu que Huck não era candidato, como afirmou na ação, não cabendo assim a análise do processo.

"O Poder Judiciário analisa fatos e direitos postos nos autos, cuja veracidade, neste caso, é a de que o Representado Luciano Grostein Huck não é candidato no pleito de 2018, como ele afirma e reitera na sua defesa, integrada neste processo, perante esta Corregedoria Eleitoral", escreveu o juiz.

Silvio Santos foi barrado na eleição de 1989. Relembre outros casos

Últimas