Brasil Lula desmente boato de volta do câncer e avisa: "Se tivesse doente, jamais esconderia" 

Lula desmente boato de volta do câncer e avisa: "Se tivesse doente, jamais esconderia" 

Ex-presidente afirma que fará nova bateria de exames em agosto para monitorar cura do câncer

Lula desmente boato de volta do câncer e avisa: "Se tivesse doente, jamais esconderia" 

Lula foi enfático hoje: "Não tenho câncer, não quero ter câncer, não vou ter câncer e não gosto de quem tem câncer"

Lula foi enfático hoje: "Não tenho câncer, não quero ter câncer, não vou ter câncer e não gosto de quem tem câncer"

Ricardo Stuckert/18.07.2013/Instituto Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desmentiu, nesta quinta-feira (18), os boatos que circulam na internet de que ele estaria recebendo tratamento médico novamente, por conta de uma reminiscência do câncer que teve na garganta.

Alguns blogs chegaram a dizer que, dessa vez, a doença estaria se manifestando nos pulmões do ex-presidente.  

— Têm circulado muitos boatos de que estou com metástase. Fui visitar o [governador do Sergipe] Marcelo Deda e dizem que vou ao [hospital] Sírio Libanês de madrugada escondido para fazer tratamento. Se eu tivesse, jamais esconderia. [..] Não tenho câncer, não quero ter câncer, não vou ter câncer e não gosto de quem tem câncer.

Leia mais notícias de Brasil e Política

Lula manda carta para comemorar aniversário de Mandela

Lula se mostrou irritado com os boatos sobre sua saúde.  

— Não é correto que algum canalha, algum imbecil, fique na internet contando essas mentiras. Vou fazer exames de novo em agosto. Se tiver [voltado a doença], serei o primeiro a comunicar pra imprensa. Jamais negaria isso.  

Os médicos declararam que Lula estava livre do câncer no ano passado. Mas o tratamento ainda prossegue. O ex-presidente precisa fazer exames rotineiros a cada quatro meses durante os próximos cinco anos para monitorar a cura da doença.