Operação Lava Jato

Brasil Lula revela mágoa com operação da PF, diz que se sentiu "prisioneiro" e avisa que "jararaca está viva"

Lula revela mágoa com operação da PF, diz que se sentiu "prisioneiro" e avisa que "jararaca está viva"

Ex-presidente afirma que "PT está de cabeça baixa" e que está disposto a viajar o Brasil

  • Brasil | Do R7

Lula prestou esclarecimentos à força-tarefa da Lava Jato hoje

Lula prestou esclarecimentos à força-tarefa da Lava Jato hoje

Juca Rodrigues/04.03.2016/Framephoto/Estadão Conteúdo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira (4) que ficou "indignado" e "magoado" com a obrigação de depor à força-tarefa da Lava Jato (condução coercitiva), que está em sua 24ª etapa.

Lula também revelou que se sentiu um "prisioneiro hoje de manhã" e avisou que, se queriam matar a jararaca, "não bateram na cabeça, bateram no rabo e a jararaca está viva" — uma referência explícita a ele próprio.

— Embora tenha me magoado, tenha me sentido ofendido, ultrajado, apesar do tratamento cortês do delegado da PF, queria dizer, se quiseram matar a jararaca, não bateram na cabeça, bateram no rabo e a jararaca está viva.

Instituto Lula: operação da PF é uma afronta ao País

Leia mais notícias de Brasil e Política

Alvo da Lava Jato, Lula vira piada na internet. Veja memes

Lula destacou o tratamento cortês que recebeu dos delegados da PF (Polícia Federal) hoje de manhã, mas cobrou "um pouco mais de respeito nesse País".

A declaração foi um recado direto a parte da imprensa e ao Ministério Público Federal, uma vez que, segundo ele, "é lamentável que parte do Judiciário esteja trabalhando em parceria com a imprensa".

— Hoje, a primeira coisa que você faz é determinar quem é o criminoso e depois que nomeou, você vai criar os crimes que ele cometeu. 

Após a operação e o depoimento que durou cerca de 3 horas, Lula admitiu que se "sentiu prisioneiro".

— Eu, sinceramente, já passei por muitas coisas nessa vida não sou de guardar mágoa, mas nosso País não pode continuar amedrontado. Não pode ver um juiz que ganhou um prêmio da Rede Globo, da revista Veja, e depois tem que prestar contas...

Chacoalhão no PT

Lula disse que o episódio foi fundamental para o "PT levantar a cabeça" porque, nas palavras dele, "há muito tempo que o PT está de cabeça baixa".

— Todo santo dia alguém faz o PT sangrar. A partir da semana que vem, quem quiser um discursinho do Lula, é só acertar passagem de avião que eu estou disposto a viajar esse País.

O ex-presidente também avisou que, a partir de segunda-feira (7), estará à disposição da "CUT, do PT, do PCdoB" e outros partidos "para andar esse País". Segundo Lula, "não é possível ver um País sendo palco de um espetáculo midiático". 

— Estão se preocupando com pedalinho de R$ 2.000 que a dona Marisa comprou... [alusão aos pedalinhos que estão no sítio de Atibaia (SP)]. Eu uso [o sítio] do amigo porque os inimigos não me oferecem. Bem que a [Rede] Globo poderia me oferecer um triplex que eu queria.

Durante o discurso, Lula falou sutilmente sobre uma possível candidatura à Presidência em 2018.

— A natureza é implacável com alguém que passa os 70 anos, mas a ciência avançou e me aumenta o tesão [de fazer campanha]. É preciso recomeçar e nós vamos recomeçar.

Governo Dilma

Lula enfatizou que a oposição impede a presidente Dilma Rousseff de governar desde o resultado da Eleição 2014, quando a presidente venceu Aécio Neves (PSDB) nas urnas.

— Eles estão, desde 26 de outubro, não permitindo que a Dilma governe esse País. Esses dias, um delegado da PF [falou da troca de ministro da Justiça e disse que] precisamos de autonomia administrativa. Se tem alguém nesse País que precisa de autonomia se chama presidente da República, porque ninguém quer que ela governe esse Pais.

Últimas