Eleições 2018
Brasil Lula sugere Haddad como possível candidato do PT em 2018

Lula sugere Haddad como possível candidato do PT em 2018

Ex-presidente participou de entrevista transmitida ao vivo por rede social

Lula sugere Haddad como possível candidato do PT em 2018

Para o ex-presidente, trunfo de Haddad em uma hipotética campanha seria a passagem pelo ministério da Educação

Para o ex-presidente, trunfo de Haddad em uma hipotética campanha seria a passagem pelo ministério da Educação

JF Diorio/Agência Estado

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sugeriu, nesta quinta-feira (20), que Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo, pode ser candidato à presidência em 2018, caso ele próprio não participe do pleito.

Lula se manifestou durante entrevista a José Trajano e Juca Kfouri, transmitido ao vivo pela internet.

Antes, o petista havia afirmado ter “obsessão em voltar pra provar pra esse país que é possível dar certo".

Perguntado quem seria candidato do PT caso ele não venha a participar das eleições, o ex-presidente afirmou que o PT possui três governadores em Estados grandes — Tião Viana (AC), Camilo Santana (CE), Wellington Dias (PI) e Fernando Pimentel (MG) foram eleitos em 2016.

O petista também levantou a hipótese de Fernando Haddad, ministro da Educação durante seu segundo governo, participar da disputa presidencial.

— Eu já disse para ele: “Você precisa rodar o Brasil pra mostrar que o que fizemos na educação. Nós quintuplicamos o orçamento da educação. Fizemos o filho do pedreiro virar engenheiro, o filho da empregada virar médico. Você precisa divulgar isso.”

Lula é elegível para as eleições de 2018 apesar da condenação a nove anos e meio de prisão pelo juiz Sergio Moro em primeira instância. A impossibilidade de se candidatar viria apenas com a condenação em segunda instância no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª região), que levou, em média, 1 ano e 3 meses para outros recursos de condenações da Lava Jato.

Segundo o Datafolha, Lula lidera todos os cenários para as eleições de 2018, com as intenções de votos oscilando entre 29% e 30%.