Brasil Macron convoca reunião com G7 para discutir incêndios na Amazônia

Macron convoca reunião com G7 para discutir incêndios na Amazônia

Presidente da França fez anúncio pelas suas redes sociais nesta quinta-feira. "Nossa casa está pegando fogo. É uma crise internacional", disse

Macron convoca reunião com G7 para discutir incêndios na Amazônia

Emmanuel Macron convocou reunião emergencial com países membros do G7

Emmanuel Macron convocou reunião emergencial com países membros do G7

Piroschka van de Wouw/ Reuters - 28.5.2019

O presidente da França, Emmanuel Macron, convocou, nesta quinta-feira (22), os países membros do G7 (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido, embora a União Europeia também esteja representada) para uma reunião emergencial para discutir os incêndios que atingem a Amazônia há 18 dias

Veja também: Brasil tem maior número de queimadas em sete anos

"Nossa casa está pegando fogo. Literalmente. A floresta amazônica — o pulmão do planeta que produz 20% do nosso oxigênio — está em chamas. É uma crise internacional. Membros do G7, vamos discutir essa situação emergencial em dois dias", disse Macron. 

O incêndio que atinge há 18 dias a floresta amazônica também foi motivo de atenção de representantes da ONU (Organização das Nações Unidas). Ainda nesta quinta (22), o secretário da organização, António Guterres, disse estar profundamente preocupado com as queimadas

Ele reforçou que o mundo não pode mais arcar com os danos para uma das maiores fontes de oxigênio e biodiversidade.

Além dele, a presidente da Assembleia Geral da ONU, María Fernanda Espinosa, afirmou que está preocupada com os incêndios florestais pelo mundo e cobrou ações urgentes. Ela lembra que as florestas são cruciais para a conservação e para enfrentar a mudança do clima.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Ana Vinhas

Nasa divulga imagem do fogo na Amazônia visto do espaço