Brasil Maia se acerta com presidente do BC após vazamento de conversa

Maia se acerta com presidente do BC após vazamento de conversa

Presidente da Câmara voltou atrás nas críticas, após receber ligação de Campos Neto afirmando não ter sido ele quem vazou os diálogos

  • Brasil | Do R7

Maia critica presidente do BC por vazar conversa

Maia critica presidente do BC por vazar conversa

Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados 26/05/2020

Depois de criticar o presidente do BC (Banco Central), Roberto Campos Neto, pelo vazamento de conversas sobre as dificuldades em avançar no ajuste fiscal, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse ter recebido uma ligação de Campos Neto afirmando que não teria sido ele quem vazou as conversas e afirmou que confia na palavra do presidente do BC. 

"Recebi há pouco ligação do presidente do BC afirmando que ele não divulgou à imprensa a nossa conversa. Diante da palavra do presidente, o vazamento certamente foi provocado por terceiros. Deixo aqui registrado a ligação e a confiança que tenho nele", publicou Maia em suas redes sociais. 

A publicação de Maia veio poucas horas depois dele criticar duramente Campos Neto. Por acreditar que teria sido o presidente do BC quem vazou as conversas, Maia disse que ele não estava "à altura de um presidente de Banco de um país sério". 

Leia mais: Perfil de Salles no Twitter sai do ar após atrito com Maia

"A atitude do presidente do Banco Central de ter vazado para a imprensa uma conversa particular que tivemos ontem não está à altura de um presidente de Banco de um país sério", disse Maia em publicação nas redes sociais.

Segundo informações divulgadas pela imprensa, Campos Neto telefonou ontem para Maia e reclamou da dificuldade em avançar no ajuste fiscal.

A resposta do deputado foi direta: “Ligou para a pessoa errada. Quem está obstruindo a pauta é a base do governo.”

Os motivos por trás da auto-obstrução seriam a disputa pelo controle da Comissão Mista de Orçamento, sequer instalada, e a sucessão na Câmara.

Últimas