Morte de Marielle Franco

Brasil "Mais uma tragédia diária no RJ", diz ministro da Justiça sobre vereadora

"Mais uma tragédia diária no RJ", diz ministro da Justiça sobre vereadora

Torquato Jardim afirma que morte de vereadora do RJ Marielle Franco "não põe em xeque a eficácia da intervenção federal"

  • Brasil | Thais Skodowski, do R7

Jardim está no Fórum Econômico Mundial

Jardim está no Fórum Econômico Mundial

Fátima Meira/Futura Press/Folhapress - 13.03.2018

O ministro da Justiça Torquato Jardim afirma que o assassinato da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco é mais um caso de violência no Estado. 

— Foi uma tragédia, mais uma tragédia diária no Rio de Janeiro. Lamentável.  

O ministro participou do painel Quebrando o Ciclo da Corrupção, no Fórum Econômico Mundial, nesta quinta-feira (15).

Segundo o ministro, a morte de Marielle não afeta a intervenção federal que ocorre no Rio de Janeiro.  

— Isso não põe em xeque a eficácia da intervenção federal.

Jardim não quis comentar as suspeitas sobre o motivo da morte da vereadora. Ele ainda disse que a Polícia Federal vai auxiliar a Polícia Militar e Civil do Rio de Janeiro nas investigações.  

— Mas vamos por partes, vamos atuar com cuidado, investigar o caso a caso.

Assassinato de Marielle Franco

A vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL) foi assassinada a tiros na noite da última quarta-feira (14), no centro do Rio de Janeiro. 

Marielle foi alvo de uma emboscada, dentro de um carro, quando deixava o evento Jovens Negras Movendo Estruturas, organizado por ela própria na Casa das Pretas, na Lapa. O motorista da vereadora, Anderson Pedro Gomes, também foi morto. 

A assessora de Marielle estava no carro no momento do crime, levou um tiro de raspão e sobreviveu. 

Várias manifestações estão marcadas para esta quinta (15) para celebrar a memória e também para protestar contra a morte da vereadora. 

Veja a trajetória da vereadora assassinada no Rio de Janeiro:

Lava Jato  

Durante painel no Fórum Econômico Mundial, Torquato Jardim disse que operação Lava Jato é apenas "10% da corrupção" do Brasil. 

— O que se conhece da Lava Jato é 10% [da corrupção em todo o país]. Estamos controlando algumas facetas de algumas ações ilegais de algumas cidades.

Últimas