Manifestantes a favor de Lula começam a se reunir em frente à PF

Apoiadores de ex-presidente começaram a se reunir por volta das 11h30 deste sábado (7) 

Manifestantes contra a prisão de Lula começam a chegar à porta da Polícia Federal em Curitiba

Manifestantes contra a prisão de Lula começam a chegar à porta da Polícia Federal em Curitiba

Thais Skodowski

Manifestantes contrários a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começaram a se reunir em frente ao prédio da Polícia Federal, onde petista deve ser ficar preso em Curitiba, por volta das 11h30 deste sábado (7).

O número de pessoas ainda é pequeno, mas a expectativa é que aumente nas próximas horas.

Em um dos momentos, os apoiadores de Lula fizeram um cordão humano em frente ao portão da Superintendência da PF e gritaram que o ex-presidente é preso político e está sendo perseguido. Entre os presentes, está o ex-deputado federal pelo PT, Angelo Vanhoni.

Algumas pessoas com camisas da seleção brasileira e bandeira do Brasil observam o ato. No entanto, não há nenhum registro de
confusão. Houve até um abraço entre dois manifestantes, um de cada lado, após um breve diálogo.

Neste sábado, o prédio da PF está fechado para o público.

Ontem

Na sexta-feira, eram os manifestantes a favor da prisão do ex-presidente que estavam no local. Eles estouraram uma champanhe e fogos de artifício para comemorar a ordem de prisão de Lula.