Brasil Marco Aurélio envia recurso de depoimento de Bolsonaro a STF

Marco Aurélio envia recurso de depoimento de Bolsonaro a STF

Supremo deve definir se a oitiva do presidente será presencial ou por escrito no âmbito do inquérito que investiga possível interferência na PF

Reuters - Brasil
Decisão foi tomada por Marco Aurélio Mello

Decisão foi tomada por Marco Aurélio Mello

Marcos Corrêa/PR - 08.09.2020

O STF (Supremo Tribunal Federal) agendou para 2 de outubro em seu plenário virtual o julgamento sobre se o depoimento do presidente Jair Bolsonaro será presencial ou por escrito no âmbito do inquérito que investiga se o chefe do Executivo tentou interferir na Polícia Federal, em decisão tomada pelo ministro Marco Aurélio Mello nesta quarta-feira (23). 

Os ministros têm do dia 2 a 9 de ouotubro para incluírem seus votos a respeito do tema. 

"A crise é aguda. Sem qualquer previsão de o Tribunal voltar às sessões presenciais, há de viabilizar-se, em ambiente colegiado, a jurisdição", disse o ministro do STF. "Aciono, em caráter excepcional, o sistema virtual e passo a liberar, considerado o fator tempo, os processos", completou.

No plenário virtual, os ministros do Supremo votam remotamente por meio de um sistema eletrônico de cômputo de votos. Não há a transmissão ao vivo do julgamento como ocorre no plenário tradicional do STF.

Na semana passada, numa vitória do governo, Marco Aurélio havia determinado a suspensão do inquérito sobre a suposta interferência do presidente bem como o adiamento do depoimento de Bolsonaro até uma decisão do colegiada sobre o assunto.

Últimas