CPI da Covid

Brasil Médica diz que pandemia causou 305 mil mortes a mais em um ano

Médica diz que pandemia causou 305 mil mortes a mais em um ano

Jurema Werneck é convidada da CPI da Covid nesta quinta; ela apresenta estudo sobre óbitos por covid-19 no Brasil

  • Brasil | Do R7

CPI ouve hoje dois especialistas sobre pandemia

CPI ouve hoje dois especialistas sobre pandemia

Edilson Rodrigues/Agência Senado - 24.06.2021

A médica Jurema Werneck, representante do Movimento Alerta, afirmou à CPI da Covid, do Senado Federal, nesta quinta-feira (23), que a pandemia causou 305 mil mortes além do esperado no primeiro ano da crise sanitária.

"Tem casos de covid, mortes causadas diretamente por covid, mas algumas causadas indiretamente pela presença da pandemia: pessoas que retardaram a busca de ajuda ou a buscaram, mas o serviço de saúde estava sobrecarregado", comentou em seu discurso de abertura na comissão.

Jurema explicou que buscou dados dos cartórios do país e dados oficiais, como o levantamento Pnad Covid, do IBGE, para chegar aos resultados apresentados.

Segundo ela, o número poderia ter sido menor se fossem adotadas medidas mais rígidas para evitar a trasmissão, além da testagem em massa da população e o rastreamento dos contatos do doentes.

De acordo com o estudo feito pelo Movimento Alerta, pelo menos 120 mil mortes poderiam ter sido evitadas no primeiro ano da pandemia se todas as medidas sanitárias de proteção tivessem sido adotadas.

Além de Jurema Werneck, a CPI ouve nesta quinta o epidemiologista Pedro Hallal, da Universidade Federal de Pelotas.

Últimas