Brasil Mercado reduz estimativa de alta do PIB em 2021 para 3,43%

Mercado reduz estimativa de alta do PIB em 2021 para 3,43%

Já a expectativa para a taxa de juros Selic no fim de 2021 subiu de 3,50% para 3,75% ao ano, de acordo com o boletim Focus

  • Brasil | Do R7

Mercado reduz estimativa de alta do PIB em 2021 para 3,43%

Mercado reduz estimativa de alta do PIB em 2021 para 3,43%

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil - 02.01.2020

Os economistas do mercado financeiro alteraram suas projeções para o (PIB) Produto Interno Bruto em 2021. Conforme o Relatório de Mercado Focus, divulgado pelo Banco Central, a expectativa para a economia este ano passou de alta de 3,47% para elevação de 3,43%. Há quatro semanas, a estimativa era de 3,45%.

Para 2022, o mercado financeiro manteve a previsão do PIB em expansão de 2,5%. Quatro semanas atrás, estava no mesmo patamar. As informações são do boletim Focus, divulgado nesta quarta-feira (17). 

Os economistas do mercado financeiro também alteraram suas projeções para a Selic (a taxa básica da economia) no fim de 2021. O relatório prevê que a mediana das previsões para a Selic ficará em 3,75% ao ano, maior do que a previsão anterior, de 3,5%.

Em janeiro, ao manter a Selic em 2,% ao ano, o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central preparou o terreno para possível elevação dos juros em 2021. Isso porque a instituição deu fim ao chamado forward guidance (ou prescrição futura, na tradução do inglês).

Últimas