Brasil Ministério da Justiça aumenta em 35% capacitação de profissionais

Ministério da Justiça aumenta em 35% capacitação de profissionais

Mais de 76 mil agentes de segurança pública participaram de programa no primeiro semestre deste ano

  • Brasil | Do R7

Mais de 76 mil profissionais de segurança pública passaram por capacitação

Mais de 76 mil profissionais de segurança pública passaram por capacitação

Reprodução

Mais de 76 mil profissionais de segurança pública foram capacitados em cursos oferecidos pelo  Ministério da Justiça e Segurança Pública no primeiro semestre de 2021. O número representa um aumento de quase 35% em relação ao mesmo período do ano passado.

O programa é oferecido por meio da plataforma de Ensino a Distância da Secretaria de Gestão e Ensino em Segurança Pública, com cursos de ensino a distância e presenciais.

O número mostra um crescimento anual no número de profissionais capacitados. No primeiro semestre de 2020, foram 56.491 e, no mesmo período de 2019, 14.702.

O Ministério também trabalha na ampliação da oferta de cursos pela plataforma EaD. Em 2019 estavam disponíveis 47 cursos, atualmente os profissionais podem participar de 78 cursos EaD.

Para o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, a oferta de cursos e capacitações vai ao encontro da lei que institui o Sistema Único de Segurança Pública “que tem, entre seus princípios, a promoção da produção de conhecimento sobre segurança pública”. “Possibilitar a capacitação dos profissionais do SUSP significa valorizar quem está na ponta trabalhando pela segurança população”, afirmou o ministro.

A secretária de Ensino e Gestão em Segurança Pública, Ana Cristina Melo Santiago explica que são feitas, em média, 515 matrículas diárias na plataforma de ensino. “As estimativas são de se chegar no fim do ano com mais de 180 mil inscritos, o que significa aumentar em 90% a meta anual fixada pelo Plano Anual de Ensino e Pesquisa , do Ministério da Justiça e Segurança Pública”, afirma.

Capacitações

Entre janeiro e junho deste ano, foram 17 cursos EaD  e quatro presenciais. As capacitações em destaque no primeiro semestre foram: instrumentos de menor Potencial Ofensivo, em espanhol; Psicologia das Emergências e Desastres; Detecção de Fraudes em Contratos Públicos; Inteligência Cibernética: Produção de Conhecimento com Segurança; Prevenção ao Suicídio para os Profissionais de Segurança Pública, básico e avançado.

Últimas