Ministro da Secretaria de Governo, Ramos vai para a reserva

Amigo do presidente e articulador do Planalto, general vinha pedindo essa mudança para ter mais tempo para se dedicar ao governo

General Ramos chegou ao governo em junho de 2019

General Ramos chegou ao governo em junho de 2019

REUTERS/Ueslei Marcelino

O Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (16) traz a transferência para a reserva do general do Exército e ministro chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos

O general está no governo há mais de um ano e tem pedido ao presidente Jair Bolsonaro, que assina a transferência. Com a  mudança para a reserva, Ramos pode se dedicar mais ao governo.

Ministro Ramos nega fritura da ala militar e elogia Ricardo Salles

Ramos, amigo de Bolsonaro e um dos principais articuladores do presidente, ocupa a vaga deixada por outro militar, Carlos Alberto dos Santos Cruz, general de reserva do Exército que deixou o cargo em 13 de junho de 2019. 

Entre suas recentes atribuições no Planalto estão aproximar governo e o STF (Supremo Tribunal Federal) e negociar apoio com o bloco de parlamentares do chamado Centrão.