Coronavírus

Brasil Ministro de Minas e Energia testa positivo para coronavírus

Ministro de Minas e Energia testa positivo para coronavírus

Bento Albuquerque é o segundo ministro que foi infectado pelo coronavírus. Além dele, o ministro general Heleno também está com covid-19

  • Brasil | Do R7

o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque

o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque

Samuel Figueira/ TCU 26.02.2019

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (18) na abertura de entrevista coletiva sobre as medidas contra o coronavírus que o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, de 61 anos, testou positivo para a covid-19.

Leia também: Vejas as principais perguntas sobre o coronavírus

“Além do general Heleno, que teve contato com alguns aqui, também tivemos positivo agora o teste do ministro das Minas e Energia, o almirante Bento. Então obviamente, o cuidado nosso tem que ser redobrado”, disse o presidente.

Na manhã desta quarta-feira, o general Augusto Heleno, do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), em publicação no Twitter, afirmou que aguarda a contraprova da FioCruz (Fundação Oswaldo Cruz) para confirmar o diagnóstico.

Com Bento, sobe para 17 o número de pessoas do grupo que viajou com o presidente aos Estados Unidos, na semana passada, e pegou o vírus. 

Ontem, Bolsonaro divulgou em suas redes sociais que um segundo teste não diagnosticou que ele tem o coronavírus. Ele já havia anunciado um primeiro negativo na sexta-feira.

O primeiro caso envolvendo a comitiva presidencial que foi aos Estados Unidos foi o do secretário de Comunicação da Presidência, Fabio Wajngarten. Ele voltou ao Brasil na madrugada da quarta-feira passada, no mesmo avião do presidente e de Heleno.

Também participaram da viagem e ficaram infectados o embaixador Nestor Forster, o senador Nelsinho Trad, a tesoureira do Aliança pelo Brasil, Karina Kufa, e o secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Marcos Troyjo.

Últimas