grevecaminhoes
Brasil Ministro diz que população apoia pagar custos da greve

Ministro diz que população apoia pagar custos da greve

Sergio Etchegoyen diz que solucão do governo para fim da crise respeitou a responsabilidade com o restante da população brasileira

Greve dos caminhoneiros

Ministro afirma que governo fez o "necessário"

Ministro afirma que governo fez o "necessário"

Reprodução/ NBR

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Sergio Etchegoyen, afirmou que quem apoiava a greve dos caminhoneiros "teria sua cota de participação no financiamento" das solucões. O ministro disse que "o governo não produz dinheiro, ele arrecada recursos pelos instrumentos que tem para arrecadar".

"Obviamente, quem apoiava a greve e apoiava soluções, teria sua cota de responsabilidade, de participação no financiamento disso. Que no final, somos nós contribuintes e nisso inclui até mesmo os caminhoneiros", disse.

Etchegoyen diz que a expectativa é que a redução do preço do diesel seja revertida em algum tipo de benefício ao consumidor, por meio da redução do frete dos caminhões. Entretanto, diz que é "inevitavel que vai haver reflexos do ponto de vista do consumidor, do contribuinte".

"O retorno que nos esperamos para a população é que o recalculo das planilhas em função do recálculo do custo dos fretes reflita também de alguma maneira a vantagem ou beneficio com o que os caminhoneiros ganharam nesse movimento", afirma o ministro.

O ministro afirma que o governo atuou na medida do necessário para resolver e atender às demandas dos caminhoneiros. Para ele, a atuação "não foi além do que é responsabilidade com o restante da população exigia". 

    Access log