João de Deus
Brasil Ministro do STJ nega liberdade ao médium João de Deus

Ministro do STJ nega liberdade ao médium João de Deus

Religioso está preso desde dezembro do ano passado, acusado de abusar sexualmente de mulheres que frequentavam centro espírita

João de Deus tem 76 anos e está preso há 2 meses

João de Deus tem 76 anos e está preso há 2 meses

Walterson Rosa/Folhapress - 16.12.2018

O ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Nefi Cordeiro negou em caráter liminar, nesta quinta-feira (28), um pedido de liberdade feito pela defesa do médium João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus

Os advogados ingressam, desde dezembro, com habeas corpus e recursos para tentar com que o médium, de 76 anos, responda aos processos em liberade.

No caso da ação que chegou ao STJ, trata-se de um recurso de habeas corpus negado pelo Tribunal de Justiça de Goiás. 

O magistrado entendeu que não caberia tal recurso ao Superior Tribunal de Justiça, pois o mérito do pedido ainda depende de análise de uma turma de desembargadores em Goiás, o que não tem data para acontecer. 

João de Deus é acusado pelo Ministério Público de Goiás e pela Polícia Civil de abusar sexualmente de mulheres que frequentavam a casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO), onde ele prestava atendimentos espirituais.