Brasil Ministros de Bolsonaro assumem seus cargos nesta quarta-feira

Ministros de Bolsonaro assumem seus cargos nesta quarta-feira

Nomes mais próximos ao presidente serão os primeiros a ocupar os cargos. Cerimônia de posse do chanceler Ernesto Araújo será a última

Vinte e dois ministros do governo Bolsonaro tomam posse nesta terça

Transmissão dos cargos dos atuais ministros para os futuros ocorre nesta terça

Transmissão dos cargos dos atuais ministros para os futuros ocorre nesta terça

Ueslei Marcelino/Reuters - 1.1.2018

Após a cerimônia de posse na terça-feira (1º), ocorre nesta quarta-feira (2) a transmissão dos cargos dos atuais ministros para os futuros.

Nomes mais próximos ao presidente serão os primeiros a ocupar os cargos. Está marcada para às 9h a cerimônia de posse do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno, da Secretaria de Governo, General Santos Cruz, e da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno.

Bolsonaro assume Presidência com discurso pela ordem

Também pela manhã, Sérgio Moro assume a Justiça e Segurança Pública e Marcos Pontes o ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e das Comunicações. O Almirante Bento Costa e Lima é empossado no Ministério das Minas e Energia.

A atual deputada Tereza Cristina toma posse do Ministério da Agricultura. Logo após o pronunciamento, ela empossa secretários do ministério.

Já à tarde, ocorrem as transmissões de cargo de ministros da Cidadania e Ação Social para Osmar Terra e da Saúde para Luiz Mandetta.
Às 15h, três novos ministros serão empossados. Eduardo Garcia ocupa a pasta da Fazenda, Esteves Colnago do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão e Marcos Jorge da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Mais tarde, ocupam os cargos Tarcísio Gomes de Freitas no Ministério da Infraestrutura, General Fernando Azevedo na pasta da Defesa, Ricardo Vélez Rodriguez em Educação, Marcelo Álvaro Antônio na pasta do Turismo e Damares Alves no Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

No fim do dia, o diplomata Ernesto Araújo será empossado como ministro de Relações Exteriores.

Também serão empossados Ricardo Salles na pasta do Meio Ambiente e Gustavo Canuto no Ministério da Integração Nacional. No caso de Wagner Rosário, que permanece no comando da CGU (Controladoria-Geral da União), não haverá cerimônia.

Arte R7