Eleições 2018
Brasil Moro derrotaria Lula na eleição à Presidência, diz pesquisa

Moro derrotaria Lula na eleição à Presidência, diz pesquisa

Metade dos eleitores afirma que juiz da Lava Jato deveria concorrer ao Planalto em 2018

Moro derrotaria Lula na eleição à Presidência, diz pesquisa

Lula teria 21,3% dos votos e Sérgio Moro, 57,9%, em eventual disputa à Presidência da República

Lula teria 21,3% dos votos e Sérgio Moro, 57,9%, em eventual disputa à Presidência da República

Montagem/Agência Brasil/Divulgação

O juiz federal Sérgio Moro, se fosse candidato à Presidência da República, venceria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas urnas e seria escolhido para comandar o Brasil se as Eleições 2018 fossem hoje.

A constatação está em levantamento do Paraná Pesquisas divulgado nesta terça-feira (26).

Em uma eventual disputa entre Lula e Moro, 57,9% dos participantes disseram que votariam no juiz federal, contra 21,3% do petista. Outros 13,9% não escolheriam em nenhum deles e 6,9% não souberam responder.

Para chegar aos resultados, o Paraná Pesquisas ouviu 2.020 eleitores, com mais de 16 anos, de 158 cidades em 24 Estados e no Distrito Federal entre os dias 20 e 23 de julho. A margem de erro da pesquisa é de 2%, e o nível de confiança chega a 95%.

Leia mais notícias de Brasil e Política

A pesquisa também quis saber dos eleitores se Moro deveria disputar as Eleições 2018. Para 51,8%, o magistrado da 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba (PR) deveria disputar o Palácio do Planalto, contra 44,3% que rechaçaram essa possibilidade. Os participantes que não opinaram ou não souberam responder totalizam 3,9%.

A maior parte dos entrevistados disseram também ser a favor de novas eleições presidenciais ainda em 2016 — 67,1% querem a volta às urnas neste ano para escolher quem vai comandar a República. Outros 29,8% recusam a ideia e 3,1% não souberam ou não responderam.

Desconfiança

Praticamente metade do eleitorado brasileiro desconfia do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva: 43,9% dos eleitores não gostariam de ter o petista como vizinho e 46,7% suspeitariam dele se estivessem "em uma festa na sua casa com todas essas pessoas e sumisse algum item de valor".

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) é o segundo colocado entre os nomes apontados para ser vizinho dos entrevistados, com 17,4% de rejeição. Completam a lista Jair Bolsonaro (11,3%), Marina Silva (5,4%), José Serra (4,3%), Geraldo Alckmin (3,7%), Ciro Gomes (2,7%) e Álvaro Dias (1,1%). Outros 2,5% não souberam e 7,7% não apontaram nenhuma das opções.

Em relação à pergunta da festa em casa, em que sumisse algum item de valor, Aécio Neves seria o segundo principal suspeito, com 16,9%. Completam a lista: Jair Bolsonaro (5,8%), José Serra (4,8%), Geraldo Alckmin (4,1%), Ciro Gomes (3,0%), Marina Silva (2,7%) e Alvaro Dias (1,1%).

    Access log